Como Ficar Bem | Centro de Recursos para a Prevenção

VII. Organização Religiosa

A Igreja Fundadora de Scientology foi criada como uma sociedade religiosa em Washington, DC, a 21 de julho de 1955 para «a propagação da fé religiosa conhecida como Scientology e para agir como uma Igreja para o culto religioso dessa fé». Ao longo dos trinta anos seguintes, a Igreja de Scientology expandiu-se drasticamente tendo-se tornado uma religião global. À semelhança de qualquer religião, a religião de Scientology está ancorada em lugares de culto específicos. A organização social da Igreja internacional de Scientology está baseada na hierarquia de cinco tipos diferentes de centros religiosos.

Em primeiro lugar, as missões de Scientology fornecem serviços introdutórios e audição até ao nível de Clear. Embora estejam principalmente empenhadas em alcançar pessoas que não estão familiarizadas com Scientology, as missões também estão autorizadas a entregar todas as «rotas básicas para a Ponte». Quando uma missão alcança tamanho suficiente, ela pode tornar-se uma igreja.

Em segundo lugar, as igrejas de Scientology oferecem toda a audição, treino e outros serviços religiosos disponíveis nas missões. No entanto, as igrejas também oferecem o treino avançado para auditores e têm a autoridade de ordenar ministros. São realizados Serviços Dominicais regulares.

Em terceiro ligar, as Igrejas Saint Hill e Organizações Avançadas são centros religiosos para audição e treino avançados. Em Sussex, Copenhaga, Los Angeles e Sydney, estes centros especializam-se na tecnologia religiosa para alcançar os níveis iniciais de Thetan Operante.

Em quarto lugar, a Organização de Serviço de Flag, localizada em Clearwater, Florida, é a sede espiritual da Igreja de Scientology internacional. O centro providencia todos os serviços religiosos de Scientology, incluindo os níveis mais elevados de treino como Thetan Operante e o grau mais elevado de treino de auditores.

Em quinto lugar, a Organização de Serviços do Navio de Flag, que conduz os seus serviços a bordo do Freewinds, um navio de 134 metros sedeado nas Caraíbas, é o único centro de Scientology que oferece o nível mais elevado de audição. Para além disso, a Organização de Serviços do Navio de Flag oferece cursos especiais e retiros religiosos para avanço espiritual.

Esta hierarquia de centros religiosos funciona sob a autoridade da Igreja Mãe em Los Angeles, a Igreja de Scientology Internacional. Responsável por preservar e propagar a religião de Scientology, a Igreja de Scientology Internacional estabeleceu várias filiais. A Golden Era Productions produz e dissemina uma vasta variedade de publicações, filmes e gravações. Duas editoras — Bridge Publications em Los Angeles e New Era Publications na Dinamarca — tratam da publicação das obras de L. Ron Hubbard. Embora pareça uma estrutura corporativa moderna, esta organização eclesiástica serve interesses religiosos supervisionando a preservação e expansão da religião de Scientology em todo o mundo.

Para além de preservar e divulgar a sua tecnologia religiosa, a Igreja de Scientology desenvolveu uma gama de serviços públicos nos campos de reabilitação de drogas, reforma criminal, administração e educação.

Dedicado à preservação das escrituras sagradas e ensinamentos religiosos da igreja, o Religious Technology Center regista e supervisiona o uso de marcas registadas e direitos de autor de Scientology. Ao proteger a ortodoxia da religião, o Religious Technology Center mantém a pureza dos seus ensinamentos e assegura que o ministério da igreja é levado a cabo numa base ética.

Fora da hierarquia da igreja, a Igreja de Tecnologia Espiritual foi estabelecida em 1982 para assegurar a sobrevivência da religião por meio de preservar os escritos de L. Ron Hubbard em materiais imperecíveis. Indicando que estes escritos são considerados como as escrituras sagradas, a Igreja de Tecnologia Espiritual desenvolveu vários meios de preservação, incluindo registo dos textos de Hubbard em chapas de aço inoxidável para armazenagem em recipientes de titânio, o que garantirá a sobrevivência permanente dos documentos de fundação da religião de Scientology. Desta forma, a Igreja de Tecnologia Espiritual assumiu a responsabilidade de proteger as escrituras sagradas de Scientology de «qualquer catástrofe concebível de modo que gerações futuras, mesmo tribos vagueantes de selvagens daqui a milhares de anos tenham as Escrituras para ressuscitar a religião».32

Para além de preservar e divulgar a sua tecnologia religiosa, a Igreja de Scientology desenvolveu uma gama de serviços públicos nos campos de reabilitação de drogas, reforma criminal, administração e educação. Narconon fornece serviços e apoio para reduzir o consumo de drogas, Criminon trabalha com criminosos condenados para os impedir de voltar para a prisão, o programa de O Caminho para a Felicidade apoia o desenvolvimento de moral pessoal e ética social e a Escolástica Aplicada fornece programas educacionais de métodos de estudo e aprendizagem. Através destes e outros programas, a Igreja de Scientology amplia a sua missão religiosa para serviços sociais.

O foco central da Igreja de Scientology, no entanto, continua a ser a sua missão religiosa. Como L. Ron Hubbard pretendeu, Scientology foi planeada numa base de organização religiosa em todo o mundo. Nem todos os «novos movimentos religiosos» têm estado tão à vontade quanto a ser identificados como religiões. Por exemplo, Meditação Transcendental, fundada por Maharishi Mahesh Ioga, insistiu em que não era uma religião, que era sim uma organização secular que oferecia uma técnica puramente científica para redução do stress.33 Mas Scientology foi sempre muito clara sobre o seu estatuto como organização religiosa. Esse estatuto tem sido afirmado por todo o mundo por governos que concederam à igreja o mesmo reconhecimento legal e isenção de impostos concedidos a qualquer religião.

VIII. Scientology na África do Sul
DESCARREGUE O LIVRO BRANCO