Como Ficar Bem | Centro de Recursos para a Prevenção

I. Experiência Profissional

Recebi o meu B.A. (bacharelato em artes) cum laude (1964) em filosofia e ciências políticas da Faculdade de Concordia, Moorhead, Minnesota, EUA. O meu S.T.B. (bacharelato) cum laude (1967) em teologia é da Harvard Divinity Shcool, Universidade de Harvard, Cambridge, Massachusetts, EUA. O meu Mestrado(1972) e Doutorado com distinção (1976) em Estudos Religiosos Especiais do Institute of Christian Thought (Instituto de Pensamento Cristão), University of St. Michael’s College na Universidade de Toronto, Ontário, Canadá. A minha dissertação teve o título «History and Eschatology in Jonathan Edwards: A Critique of the Heimert Thesis.» (História e Escatologia em Jonathan Edwards: Uma Crítica da Tese de Heimert.)

Ensinei na Faculdade de Concordia, Moorhead, Minnesota (verão, 1966), Universidade Luterana de Waterloo, Waterloo, Ontário (1967-1969), Universidade de Windsor, Windsor, Ontário (verão, 1972, 1973), Universidade de Toronto, Anexo, Toronto, Ontário (1972), e Faculdade de Renison, Universidade de Waterloo, Waterloo, Ontário, desde 1973. Tenho uma nomeação como Professor de Religião e Cultura na Faculdade de Renison, Universidade de Waterloo, onde também sou Professor Associado de Estudos de Desenvolvimento Social. Desde 1982 faço parte da Supporting Faculty for the Consortium in Reformation History of the University of Waterloo and the University of Guelph (Faculdade de Apoio para o Consórcio em História da Reforma da Universidade de Waterloo e Universidade de Guelph). Fui Presidente do Departamento de Estudos Religiosos na Universidade de Waterloo (1987-1993) e atualmente sou o Oficial Graduado para o Mestrado em Estudos Religiosos na Universidade de Waterloo.

Também fui Professor Convidado na Universidade de Cambridge, Cambridge, Reino Unido, (1980), Indian Institute of Islamic Studies, Nova Deli, Índia (1986), o Dr. S. Radhakrishnan Institute for Avanced Studies in Philosophy, University of Madras, Madras, Índia (1987), University Hamdard, Nova Deli, Índia (1993), e na Universidade de Nairobi, Nairobi, Quénia (1994). Dei palestras em várias universidades na Ásia, África, América Latina e Europa.

Sou o autor de quatro volumes no estudo de religião: To Whom It May Concern: Poverty, Humanity, Community, (A Quem Possa Interessar: Pobreza, Humanidade, Comunidade), (Philadelphia, 1969), A World Broken By Unshared Bread (Um Mundo Quebrado Por Pão Não Partilhado), (Genebra, 1970), Religion in a New Key (Religião numa Nova Chave) (Nova Deli, 1992) e Jonathan Edwards’ Grammar of Time, Self, and Society (Gramática de Jonathan Edwards de Tempo, o Eu, e a Sociedade (Lewiston, NY, 1993). Também editei (individualmente ou em colaboração) mais doze volumes na área de estudos religiosos incluindo a Exploring Unification Theology (Explorar a Teologia da Unificação (New York, 1978), God: The Contemporary Discussion (Deus: A Discussão Contemporânea) (New York, 1982), The Many Faces of Religion and Society (As Muitas Faces da Religião e da Sociedade) (New York, 1985), Eugen Rosenstock-Huessy: Studies in His Life and Thought (Eugen Rosenstock-Huessy: Estudos na Sua Vida e Pensamento), (Lewiston, Nova Iorque, 1986), Interreligious Dialogue: Voices for a New Frontier (Diálogo Inter-religioso: Vozes para uma Nova Fronteira) (New York, 1989) e Pluralism, Tolerance, and Dialogue (Pluralismo, Tolerância e Diálogo) (Waterloo, 1989). Compilei com Doris Jakobsh A Canadian Interfaith Directory (Anuário Inter-religioso Canadiano) (Waterloo, 1993). Publiquei mais de quarenta artigos eruditos incluindo «Faith and History in Grant’s Lament» (Fé e História no Lamento de Grant), «Media Ethics» (Ética dos Meios de Comunicação), «Cinema, Religion, and Popular Culture» (Cinema, Religião e Cultura Popular), «Sin and Society» (Pecado e Sociedade), «The Consolations of Philosophy» (As Consolações da Filosofia), «New Religions: Issues and Questions» (Novas Religiões: Problemas e Perguntas), «Towards a Grammar of the Spirit in Society» (Para uma Gramática do Espítito na Sociedade), «Interreligious Dialogue and Understanding» (Diálogo Inter-religioso e Compreensão), «The Purposes of Christ: Towards the Recovery of a Trinitarian Perspective» (Os Propósitos de Cristo: Para a Recuperação de uma Perspetiva Trinitária), «From ‘De’ to ‘Re’ or Does the ‘Future of Ontotheology’ Require the Recovery of the Experience/Sense of Transcendence?» (De De a Ré ou o 'Futuro da Onto-teologia' Requer a Recuperação da Experiência/Sentido de Transcendência), «The Kumbha Mela: A Festival of Renewal» (O Kumbha Mela: Um Festival de Renovação) e «To Hear the Stars Speak: Ontology in the Study of Religion.» (Ouvir as Estrelas Falar: Ontologia no Estudo de Religião). As minhas publicações abrangem a vasta área da religião e da cultura mas podem ser subdivididas nas seguintes áreas: I. Teologia e Ética, II. A Religião na América do Norte, III. Novos Movimentos Religiosos e IV. Diálogo Inter-religioso.

Ensino Estudos Religiosos há mais de vinte e cinco anos. Na Faculdade de Renison, Universidade de Waterloo, dou cursos regulares sobre a Busca Religiosa, O Estudo da Religião, A História do Pensamento Cristão e Encontro e Diálogo Inter-religioso que empregam os métodos comparativos, históricos e sociológicos comuns no estudo académico da religião. De tempos a tempos também dou cursos sobre Religião e Política, Religião e Literatura, Religião e Cinema, e dei palestras no curso sobre Seitas, Cultos e Novos Movimentos Religiosos. Também dei cursos de graduados sobre o Cristianismo e as Religiões do Mundo.

Sou um membro de longa data da Sociedade Canadiana para o Estudo da Religião, da Academia Americana de Religião, da Sociedade Teológica Canadiana, da Sociedade para os Valores no Ensino Superior, da Real Sociedade Asiática e da Sociedade de Estudos Budisto-Cristãos. Fui consultor para importantes conferências inter-religiosas internacionais incluindo a Assembleia das Religiões do Mundo (1985, 1990, 1992).

Como estudioso de religião e cultura, estou empenhado no estudo de novos movimentos religiosos desde meados da década de 1970. Tenho-me interessado por compreender as origens, crenças, práticas e as relações destes novos movimentos com a cultura mais geral. (Muitas das novas religiões não são «novas» em nenhum sentido profundo, mas são simplesmente novas para a sociedade estado-unidense.) Também me tenho interessado, e divertido um pouco com isso, pela reação intensa e muitas vezes histérica de setores do público aos novos movimentos religiosos. Tenho feito extenso trabalho de campo com várias novas comunidades religiosas no Canadá, Estados Unidos e Índia.

Relativamente à Igreja de Scientology, tive conhecimento desta nova comunidade religiosa pela primeira vez em meados da década de 1970. Depois conheci membros da Igreja de Scientology em Toronto e Kitchener, Ontário. No final da década de 1970 e início da década de 1980 tive possibilidade de participar em algumas reuniões que juntaram membros da Igreja de Scientology e estudiosos de religião para discutir as crenças e práticas básicas de Scientology. Conheci alguns membros dos ramos americano e britânico da Igreja. Tive longas conversas com membros da igreja no que respeita às suas experiência de Scientology e seu impacto nas vidas deles. Tenho mantido contacto limitado com algum membros da igreja canadiana até aos dias de hoje. Visitei Centros de Scientology em Kitchener e na Yonge Street em Toronto. Desde meados da década de 1970 tenho lido muitas das publicações mais importantes da Igreja de Scientology, nomeadamente Dianética: O Poder da Mente sobre o Corpo, Manual do Ministro Voluntário, O que é Scientology?, e A Religião de Scientology. Também tenho lido publicações da Igreja que abordam questões sociais correntes incluindo o consumo de drogas, práticas de saúde mental e liberdade religiosa. Tenho lido artigos e livros eruditos, principalmente da autoria de sociólogos de religião, sobre a Igreja de Scientology.

II. A Tarefa
DESCARREGUE O LIVRO BRANCO