Como Ficar Bem | Centro de Recursos para a Prevenção

I. INTRODUÇÃO

Este escritor é japonês e este artigo é sobre as semelhanças e diferenças entre a religião de Scientology e outras religiões do mundo. Além disso este ensaio mostra um interesse especial pelas semelhanças e diferenças de uma perspetiva japonesa e, assim, comparará Scientology com religiões japonesas.

No Japão, o termo religião significa ensinar a origem, ensinar a fonte da origem. Esta é a definição japonesa, mas pode não corresponder à definição ocidental. Para este estudo usaremos a definição japonesa. Para o propósito da lei japonesa podemos acrescentar que, para ser uma religião, a organização religiosa deve também disseminar os ensinamentos, realizar cerimónias religiosas e formar os paroquianos. A Scientology faz tudo isto conforme delineado nas páginas seguintes.

Diz-se num poema japonês de 31 sílabas chamado «Waka» que há muitos caminhos no sopé da montanha, mas que a vista da lua é igual no cume. Este poema é antigo e antecede a chegada do cristianismo ao Japão. Refere-se principalmente às duas principais religiões do Japão, o xintoísmo e o budismo, nas quais se dizia que acabamos exatamente da mesma forma independentemente da seita a que pertencemos. A conclusão a que se chegou foi, para quê discutir? Mas mais importante ainda, quando existem tantas semelhanças entre as religiões, porquê concentrarmo-nos nas diferenças?

A religião de Scientology é relativamente desconhecida no Japão, apesar de muitas bibliotecas terem livros de Scientology escritos não só pelo fundador, L. Ron Hubbard, mas também pela própria Igreja de Scientology. Tendo lido 30 livros sobre o assunto, este escritor pensa que qualquer pessoa que queira saber mais sobre este assunto é sensata se ler estes livros.

II. O que é Scientology?
DESCARREGUE O LIVRO BRANCO