Como Ficar Bem | Centro de Recursos para a Prevenção

VII. A APARÊNCIA DO MAHDI — O SEU RELACIONAMENTO COM OS OBJETIVOS DE SCIENTOLOGY

Allamah Sayyid Muhammad Husayn Tabatabai escreveu sobre a Mahdi:

«Por conseguinte, por motivo de necessidade e determinação interior, no futuro, irá ver um dia quando a sociedade humana esteja repleta com justiça e quando todos viverão em paz e tranquilidade, quando os seres humanos estiverem totalmente de posse de virtude e perfeição. O estabelecimento de tal condição irá ocorrer através das mãos humanas, mas com socorro divino. E o líder de tal sociedade, que será o salvador do homem, é chamado na língua do hadith, o Mahdi.

«Em diferentes religiões que governam o mundo tal como o Hinduísmo, o Budismo, o Judaísmo, o Cristianismo, o Zoroastrismo e o Islão há referências a uma pessoa que vem como o salvador da humanidade. Essas religiões costumam dar boas notícias de sua vinda, embora haja naturalmente certas diferenças em detalhe que pode ser discernida quando esses ensinamentos são comparados com cuidado. O hadith do Santo Profeta sobre o qual todos os Muçulmanos concordam com a “Mahdi é da minha progénie,” refere-se a mesma verdade.»

O Sr. L. Ron Hubbard escreveu: «O objetivo de Scientology é tornar o indivíduo capaz de viver uma vida melhor segundo a sua própria opinião e com os seus semelhantes e de jogar um jogo melhor.»

Em 1965, o Sr. Hubbard escreveu Os Objetivos de Scientology:

Uma civilização sem insanidade, sem criminosos e sem guerra, onde os capazes possam prosperar e os seres honestos possam ter direitos, e onde o Homem seja livre para se elevar a maiores alturas, são os objetivos de Scientology.

Anunciados, pela primeira vez, a um mundo enturbulado em 1950, estes objetivos estão bem ao alcance da nossa tecnologia.

Scientology, sendo não política por natureza, acolhe qualquer indivíduo de qualquer crença, raça ou nação.

Não buscamos a revolução. Buscamos apenas a evolução para estados de ser mais elevados, para o indivíduo e para a sociedade.

Estamos a alcançar os nossos objetivos.

Após infindáveis milénios de ignorância sobre si mesmo, a sua mente e o universo, foi feito um avanço significativo para o Homem.

Os outros esforços que o Homem empreendeu foram ultrapassados.

As verdades combinadas de cinquenta mil anos de pensadores, refinadas e amplificadas por novas descobertas sobre o homem, foram responsáveis por este sucesso.

Damos-lhe as boas-vindas a Scientology. De si, apenas esperamos a sua ajuda para alcançarmos os nossos objetivos e para ajudar os outros. Esperamos que você seja ajudado.

Hoje em dia Scientology é o movimento mais vital à face da Terra.

Num mundo turbulento, esta não é uma tarefa fácil. Mas também, se o fosse, não teríamos de estar a fazê-la.

Respeitamos o homem e acreditamos que ele merece ajuda. Respeitamo-lo e acreditamos que você também pode ajudar.

Scientology não deve a sua ajuda a ninguém. Nada fizemos que nos levasse a ter de propiciar. Se o tivéssemos feito, não seríamos agora suficientemente lúcidos para fazermos o que estamos a fazer.

O Homem suspeita de todas as ofertas de ajuda. Tem sido frequentemente traído, a sua confiança destroçada. Deu por demasiadas vezes a sua confiança e foi traído. Poderemos errar, pois construímos um mundo com juncos quebrados. Mas nunca trairemos a sua fé em nós enquanto você for um de nós.

O sol nunca se põe em Scientology.

E que um novo dia possa amanhecer para si, para aqueles que ama e para o Homem.

Os nossos objetivos são simples, se bem que grandes.

E teremos êxito, e estamos a ter êxito em cada nova rotação da Terra.

A sua ajuda é aceitável para nós.

A nossa ajuda é sua.»

Para o futuro de Scientology, o Sr. Hubbard escreveu:

Com Scientology o Homem pode impedir a insanidade, a criminalidade e a guerra.

«... a principal corrida na Terra não é entre uma nação e outra. A única corrida que importa neste momento é a que se está a realizar entre Scientology e a bomba atómica. A história do Homem, como já foi dito por autoridades bem conhecidas, poderá muito bem depender de qual delas vencerá.»

L. Ron Hubbard nunca pretendeu ser algo diferente de um homem. No entanto, se o seu trabalho se concretiza então se cumpriria as profecias de Mahdi. Como a outras religiões, o Budismo refere-se ao retorno de Metéia. Mais uma vez, esta profecia é do regresso de um homem que completaria as obras de Buda. O timing do regresso do Metéia foi estabelecido nos Pali para cerca de dois mil e quinhentos anos depois da morte de Buda. Esse foi o ano em que Dianética: O Poder da Mente sobre o Corpo foi lançado em 1950. Foi poucos anos depois disso quando o Sr. Hubbard escreveu o seu poema, O Hino da Ásia, onde ele perguntou na linha de abertura: «Eu sou o Metéia?» Desde então o movimento de Scientology cresceu para 8 milhões de membros em todo o mundo, e continua a aumentar. Foram estabelecidas escolas, programas de reabilitação de toxicodependentes e programas de reabilitação criminal e comissões mundiais para a eliminação das causas da insanidade. No topo disto está continuamente a aumentar as capacidades, a consciência e a inteligência das pessoas que levam a cabo o desafio que o Sr. Hubbard lançou para eles.

Desde que o Sr. Hubbard partiu do seu corpo em 1986, ele e as organizações de Scientology têm recebido literalmente milhares e milhares de proclamações, prémios e reconhecimentos de governos e organizações e indivíduos em todo o mundo.

Conclusão
DESCARREGUE O LIVRO BRANCO