Como Ficar Bem | Centro de Recursos para a Prevenção

IV. Ahlul-Bait — Explorar a Relação entre o Islamismo e Scientology

Para compreender que o Islamismo e Scientology são compatíveis e estão em concordância, ajuda saber Ahlul-Bait. A razão pela pronúncia, o termo é soletrado Ahlul-Bait, mas na realidade é Ahl al-Bait. Ahl significa família e al-Bait significa casa de Deus. Assim, Ahlul-Bait significa família da casa de Deus, embora seja geralmente considerado que significa: «A família da Casa do Profeta.»

Enquanto o Quran encoraja os Muçulmanos a aceitar que profecias e conhecimentos anteriores são na realidade uma parte do pensamento Islâmico e um lugar para estudo islâmico, também o é Scientology até certa medida. De forma similar L. Ron Hubbard escreve: «Os fenómenos de Scientology são descobertos e tidos em comum por todos os homens e todas as formas de vida.» Ele também disse quando descreveu os objetivos de Scientology: «As verdades combinadas de cinquenta mil anos de pensadores, refinadas e amplificadas por novas descobertas sobre o Homem, foram responsáveis por este sucesso.» É evidente que tanto os ensinamentos de Scientology quanto do Islão têm a compreensão de que as suas filosofias e ciências (ambas as religiões professam ter as filosofias e ciências físicas, uma vez que elas são religiões no senso mais amplo e completo do termo e ambas filosofias e ciências são demonstráveis) abrangem não só os seus próprios seguidores mas também aplicam a todos os tipos de vida e à sua interação dentro do universo e para além. A partir deste ponto de vista, ambas as religiões considerar-se-iam ter a compreensão de que são parte da família da humanidade e que a humanidade é uma coisa para ser ajudada através dos seus respetivos conhecimentos da vida e do universo.

A partir deste ponto de vista, ambas as religiões considerar-se-iam ter a compreensão de que são parte da família da humanidade e que a humanidade é uma coisa para ser ajudada através dos seus respetivos conhecimentos da vida
e do universo.

Um aspeto fundamental e muito básico tanto da religião de Scientology quanto a Islâmica é que ambas acreditam que o homem é basicamente bom. Isto é muito distinto do Cristianismo, que supõe que o homem é composto do pecado original. Com uma compreensão comum tão básica este escritor ficaria surpreendido se membros das religiões de Scientology e do Islamismo pudessem não obter uma compreensão um do outro.

V. Scientology e o Imam Zamam
DESCARREGUE O LIVRO BRANCO